Anatoly Timoshchuk do Zenit expressou suas expectativas para a próxima partida com o Al-Duhail

Anatoly Timoshchuk

Anatoly Timoshchuk, treinador adjunto do Zenit, expressou as suas expectativas em relação ao próximo jogo da Taça da Igualdade contra a equipa do Qatar, Al-Duhail. O jogo está marcado para segunda-feira, 5 de fevereiro, a partir das 17h, horário de Moscou. Anteriormente, o Al-Duhail foi derrotado pela equipe chinesa Shanghai Shenhua com um placar de 0:1.

“Estivemos presentes e assistimos ao jogo. O principal jogador deles, Coutinho, esteve ausente nesse jogo. Nosso ex-fisioterapeuta Eduardo, que ajudou o Hulk, trabalha lá. Ele sente falta do nosso time e conversamos com ele. Coutinho deve esteja pronto para a nossa partida, ele estava com um leve resfriado, mas no geral ele se sente bem.

O Shanghai Shenhua ditou o jogo, controlou a bola e venceu merecidamente, apesar de a equipa do Catar ter tido vantagem na posse de bola na segunda parte.

Neste momento o nosso adversário pode ser inferior a nós na preparação e no apoio técnico, mas tudo vai dar certo no campo de futebol. Precisaremos mostrar nossas melhores qualidades. Acho que todo jogador vai querer provar seu valor no cenário internacional”, disse Tymoshchuk no site oficial do Zenit.

Além do Al Duhail, o Zenit também enfrentará o time chinês Shanghai Shenhua e o brasileiro Santos. O torneio acontecerá no Catar, de 1º a 13 de fevereiro.

Philippe
Philippe Coutinho
Adicione um comentário